30 de ago de 2016

Atletas da Escola Dinâmica participarão dos jogos escolares municipais

Próxima sexta-feira (02), acontecerá ás 16hs, na Praça dos Estudantes, a cerimônia de abertura dos Jogos Escolares Municipais de Santa Cruz do Capibaribe.
Os atletas da Escola Dinâmica participarão da solenidade que contará com desfiles de delegações esportivas das instituições escolares da rede municipal e privada do município.
.


A Escola Dinâmica conta com três educadores físicos, Carlos Balbino, Alexandre Feitosa e Shirley Lima, que juntos realizam um trabalho muito importante, acreditando no esporte como forma de inclusão social e  priorizando o espirito esportivo, acima do espirito competitivo, como afirma o professor de Educação Física, Carlos Balbino: “A escola Dinâmica realiza um trabalho singular de valorização ao esporte, acreditando no potencial esportivo para desenvolver o trabalho em equipe. Trabalhamos na certeza que estamos formando não apenas  excelentes atletas, mas acima de tudo, campeões para a vida”, concluiu, o educador.
As competições serão realizadas de 02 à 23 de setembro e acontecerão na Quadra Municipal e no Centro Esportivo Pele Bronzeada. A Escola Dinâmica contará com representantes nas categorias femininas e masculinas, nas modalidades Futsal e Futebol Society.

Confira abaixo a tabela das competições esportivas:


Mais informações »

29 de ago de 2016

Festival de Balé da Escola Dinâmica envolve o público no mundo encantado dos brinquedos

Encantamento, emoção e diversão definem o Festival de Balé 2016 da Escola Dinâmica, que esse ano abordou o tema Fábrica de brinquedos. O espetáculo aconteceu na noite da ultima sexta-feira (26), no Teatro Municipal de Santa Cruz do Capibaribe.

O diretor, Joselito Pedro, fez a abertura oficial recepcionando a todos com sua alegria contagiante. A seguir, a coordenadora Egmar Santos, responsável pelo cerimonial fez os seus  cumprimentos iniciais deixando bem claro para os convidados, que aquela noite havia sido preparada para leva-los a adentrar no mundo encantado dos brinquedos, com seus personagens fantasiosos e fabulosos, convidando-os a mergulhar no universo mágico das crianças.  





A apresentação inicial teve como protagonistas aquelas que diariamente mergulham na própria fantasia para levar os alunos ao mundo da aprendizagem, as professoras dinâmicas, que mais uma vez colocaram em cena muita alegria, já mostrando todo o brilhantismo que aquela noite reservava.



Dando prosseguimento, as pequeninas do Maternal e do Jardim I da manhã,  apresentaram com a delicadeza de uma bailarina, as caixinhas de música que já embalaram com o seu som contagiante os sonhos de muitas crianças. A seguir a mestre de cerimonia convidou o Maternal e o Jardim I do turno da tarde, para tornarem tudo ainda mais especial, apresentando aquele brinquedo que certamente esta presente na infância da plebeia, da princesa ou da Barbie: a boneca.





Com muita sutileza e deixando irradiar por todo o espaço a beleza das bolinhas de sabão, as turmas do Jardim II da manhã subiram ao palco. A seguir ouviu-se: “Um homem bateu em minha porta e eu abri. Senhoras e senhores, ponham a mão no chão. Senhoras e senhores, pulem de um pé só!”, e o Jardim II da tarde anunciou que era hora de pular corda!




As turmas do 1º ao 5º ano do turno da manhã, apresentaram um desenho coreográfico utilizando o Bambolê, convidando a todos a relembrar a diversão que esse brinquedo proporciona. Já as turmas do 1º ao 5º ano da turma da tarde, trouxeram uma coreografia com bolas, relembrando o colorido desse brinquedo que certamente é presença marcante na vida da garotada.




Com gestos singelos, delicados e sutis, dando continuidade ao espetáculo, a professora de balé da escola, Valéria Cristina, mostrou através de uma apresentação à beleza de quem vive com muito amor e dedicação a arte da dança, externando toda a grandeza de uma excelente bailarina.


Saindo dos Gibis e das telas do cinema, os super-heróis do Ensino Fundamental e Médio, acompanhados da Professora Valéria Cristina, mostraram que estavam dispostos a utilizar todos os seus poderes, para garantir ainda mais o encanto do festival.


A última apresentação foi realizada de maneira muito especial, com a participação da  professora Valéria Cristina, que foi responsável pela produção de todas as apresentações e voltou ao palco apresentando a magia do brinquedo marionete, também conhecido como marioneta, que com muita beleza conduziu todos ao entorno do popular.


A cada edição, o empenho dos pais, dos alunos e das professoras na participação ativa antes e durante o festival, o apoio geral das coordenadoras Egmar Santos e Zivocléia Leite, bem como da coordenadora pedagógica, Kátia Alexandra e do gestor, Joselito Pedro, vem assegurando o crescimento do evento que sem dúvidas é um dos maiores vivenciado na região.





Encerrando o Festival de Balé 2016, que sem dúvida foi um sucesso de organização, o diretor Joselito Pedro, agradeceu a todos que não mediram esforços para a grandeza desse que foi mais um evento de sucesso da Escola Dinâmica.


Mais informações »

Festival de Balé da Escola Dinâmica envolve o público no mundo encantado dos brinquedos

Encantamento, emoção e diversão definem o Festival de Balé 2016 da Escola Dinâmica, que esse ano abordou o tema Fábrica de brinquedos. O espetáculo aconteceu na noite da ultima sexta-feira (26), no Teatro Municipal de Santa Cruz do Capibaribe.

O diretor, Joselito Pedro, fez a abertura oficial recepcionando a todos com sua alegria contagiante. A seguir, a coordenadora Egmar Santos, responsável pelo cerimonial fez os seus  cumprimentos iniciais deixando bem claro para os convidados, que aquela noite havia sido preparada para leva-los a adentrar no mundo encantado dos brinquedos, com seus personagens fantasiosos e fabulosos, convidando-os a mergulhar no universo mágico das crianças.  





A apresentação inicial teve como protagonistas aquelas que diariamente mergulham na própria fantasia para levar os alunos ao mundo da aprendizagem, as professoras dinâmicas, que mais uma vez colocaram em cena muita alegria, já mostrando todo o brilhantismo que aquela noite reservava.



Dando prosseguimento, as pequeninas do Maternal e do Jardim I da manhã,  apresentaram com a delicadeza de uma bailarina, as caixinhas de música que já embalaram com o seu som contagiante os sonhos de muitas crianças. A seguir a mestre de cerimonia convidou o Maternal e o Jardim I do turno da tarde, para tornarem tudo ainda mais especial, apresentando aquele brinquedo que certamente esta presente na infância da plebeia, da princesa ou da Barbie: a boneca.





Com muita sutileza e deixando irradiar por todo o espaço a beleza das bolinhas de sabão, as turmas do Jardim II da manhã subiram ao palco. A seguir ouviu-se: “Um homem bateu em minha porta e eu abri. Senhoras e senhores, ponham a mão no chão. Senhoras e senhores, pulem de um pé só!”, e o Jardim II da tarde anunciou que era hora de pular corda!




As turmas do 1º ao 5º ano do turno da manhã, apresentaram um desenho coreográfico utilizando o Bambolê, convidando a todos a relembrar a diversão que esse brinquedo proporciona. Já as turmas do 1º ao 5º ano da turma da tarde, trouxeram uma coreografia com bolas, relembrando o colorido desse brinquedo que certamente é presença marcante na vida da garotada.




Com gestos singelos, delicados e sutis, dando continuidade ao espetáculo, a professora de balé da escola, Valéria Cristina, mostrou através de uma apresentação à beleza de quem vive com muito amor e dedicação a arte da dança, externando toda a grandeza de uma excelente bailarina.


Saindo dos Gibis e das telas do cinema, os super-heróis do Ensino Fundamental e Médio, acompanhados da Professora Valéria Cristina, mostraram que estavam dispostos a utilizar todos os seus poderes, para garantir ainda mais o encanto do festival.


A última apresentação foi realizada de maneira muito especial pela professora Valéria Cristina, que foi responsável pela produção de todas as apresentações e voltou ao palco apresentando a magia do brinquedo marionete, também conhecido como marioneta, que com muita beleza conduziu todos ao entorno do popular.


A cada edição, o empenho dos pais, dos alunos e das professoras na participação ativa antes e durante o festival, o apoio geral das coordenadoras Egmar Santos e Zivocléia Leite, bem como da coordenadora pedagógica, Kátia Alexandra e do gestor, Joselito Pedro, vem assegurando o crescimento do evento que sem dúvidas é um dos maiores vivenciado na região.





Encerrando o Festival de Balé 2016, que sem dúvida foi um sucesso de organização, o diretor Joselito Pedro, agradeceu a todos que não mediram esforços para a grandeza desse que foi mais um evento de sucesso da Escola Dinâmica.


Mais informações »

25 de ago de 2016

Escola Dinâmica apresenta: Festival de Balé 2016!


O Festival de Balé da Escola Dinâmica irá estrear na noite da próxima sexta-feira (26), às 19hs, no Teatro Municipal de Santa Cruz do Capibaribe, o espetáculo “Fábrica de Brinquedos”, que foi produzido inspirado nos brinquedos que por muito tempo fizeram parte da infância das crianças, como as sempre delicadas, caixinhas de músicas, bonecas, bolas, cordas, bolinhas de sabão e os Super-heróis.
O elenco é composto por cerca de 50 alunos, das turmas do Maternal ao Ensino Médio, sob o comando da professora Valéria Cristina e com o apoio de toda a família Dinâmica. O evento já é considerado um dos melhores do município e a cada novo espetáculo promove um verdadeiro show de encantamento.

Os ingressos estão sendo vendidos no valor R$10,00 e podem ser adquiridos no prédio da escola. 
Mais informações »

Escola Dinâmica trabalhando na promoção do reconhecimento cultural

A apresentação de danças, músicas, e a representação das diversificadas manifestações culturais do Estado de Pernambuco, asseguraram a riqueza e o brilhantismo do Folclore da Escola Dinâmica 2016.





A instituição educacional acredita na importância de preservar as tradições culturais e contribuir para a construção de uma sociedade culturalmente rica, dessa forma, não mede esforços para manter sempre acesa a chama do reconhecimento e da valorização cultural, como ressalta a coordenadora Egmar Santos: “A Escola Dinâmica dentro da sua formação educativa, trabalha os fomentos culturais...A manifestação multicultural alusiva ao dia do folclore foi apenas uma extensão do que foi produzido e estudado em sala de aula” , sintetizou a coordenadora.







A partir do anseio de que escola e família sejam partícipes no processo de desenvolvimento da valorização cultural, os pais dos alunos também foram convidados a prestigiar a festividade, a participação ativa dos mesmos, contribuindo na articulação do figurino usado nas apresentações e no desenvolvimento das atividades propostas, garantindo o sucesso do evento que levou os envolvidos a adentrarem com intensidade nas belezas histórico-culturais do Estado de Pernambuco.
Mais informações »
"O aprendizado é uma grande aventura!"
Designed By Morus Comunicação