9 de dez de 2017

Coral de crianças emociona o público em belíssima Cantata Natalina da Escola Dinâmica


Com o tema "O aniversário do infante Salvador", a Cantata Natalina da Escola Dinâmica, que aconteceu na noite desta sexta-feira (8) no Teatro Municipal, emocionou mais uma vez. Do início ao fim, o musical trouxe momentos de reflexão e mensagens de amor ao próximo.


O diretor Joselito Pedro deu boas vindas ao público presente com uma mensagem de reflexão, onde ressaltou a importância de praticar a solidariedade e realizar orações em oferecimento aos doentes em hospitais e pessoas necessitadas.


Ao abrir as cortinas, professores da escola apareciam e se juntavam para enfeitar uma árvore de Natal posta no palco, em seguida um a um eles recitavam os versos da música Jesus Cristo, de Roberto Carlos. Ao cantar o refrão da música, o coral composto por vozes de alunos completava a magia da canção e transmitia toda a alegria da letra escrita pelo grande ícone da música brasileira.


O musical seguiu com a encenação do nascimento de Jesus. A professora de dança, Rayane Ramos caracterizada de anjo realizou uma apresentação encantadora, onde com maestria executou passos de balé adaptados para o contexto da história.


Em seguida, o público foi surpreendido quando uma aluna vestida de anjo entrou em meio ao público com uma criança nos braços, anunciando o nascimento do Salvador.



No centro do palco, outros alunos interpretando José e Maria acolhiam a criança, logo eles foram alegremente presenteados com a chegada dos Reis Magos e a presença de muitos anjinhos.




 


O projeto e a montagem do espetáculo tem a coordenação do professor de música, Márcio Telles, que também escreveu o roteiro e ensaiou com as crianças, para a realização do evento o educador contou com todo o apoio de professores, da Coordenação Pedagógica da direção da Escola Dinâmica, o resultado foi mais um evento inesquecível.

Confira mais imagens do evento:






Mais informações »

8 de dez de 2017

Cantata Natalina da Escola Dinâmica acontece nesta sexta-feira (08) no Teatro Municipal


Alunos e professores irão encenar a belíssima história do Natal em um espetáculo que promete emocionar o público que comparecer ao Teatro Municipal nesta sexta-feira (08) em Santa Cruz do Capibaribe na edição 2017 da Cantata Natalina da Escola Dinâmica.

O musical tem a direção do professor de música da Escola Dinâmica, o paraibano Márcio Telles, e conta com o apoio da Coordenação Pedagógica e de professores da instituição, além da participação de alunos da Educação Infantil e Fundamental.

A apresentação proporciona sempre momentos de reflexão, as vozes das crianças formam um verdadeiro coro de pequenos anjos, ecoando músicas que fazem o público cantar junto e ficar com os olhos cheios marejados e o coração cheio de alegria. Vale a pena conferir.

SERVIÇO:
Cantata Natalina da Escola Dinâmica 2017
Data: 08/12/2013
Hora: 19:00hs.
Local: Teatro Municipal
ENTRADA FRANCA
Mais informações »

7 de dez de 2017

Alunos do Ensino Fundamental produzem maquetes em atividade da disciplina de Espanhol


Com o objetivo de aperfeiçoar o conhecimento dos alunos das turma do 8º ano 'A' e 'B' da Escola Dinâmica, a professora de Espanhol, Josilvânia Maria, realizou uma atividade com o tema  'Los estabelecimentos comerciales'.


A proposta de atividade foi a produção de maquetes, onde ao longo do desenvolvimento os alunos puderam aprender e conhecer melhor as denominações dos referidos estabelecimentos. Os estudantes exploraram a criatividade e capricharam nos trabalhos. Após serem concluídas, as maquetes foram expostas e apresentadas aos colegas na sala de aula.
Mais informações »

29 de nov de 2017

Primeiro dia do FLIT da Escola Dinâmica trouxe apresentações de obras infantis de Chico e Vinícius


O Festival de Literatura da Escola Dinâmica - FLIT, que aconteceu na última semana, trouxe belíssimas apresentações das obras de Chico Buarque e Vinícius de Moraes. O primeiro dia foi dedicado as obras infantis e envolveu turmas da Educação Infantil e Ensino Fundamental I.



O evento teve início com a entrada de toda a equipe de professores, coordenadores e o diretor Joselito Pedro, que falou sobre a evolução do FLIT, deu boas vindas a todos e passou a palavra para a professora Maria Lisboa, responsável pelo projeto da edição 2017 do festival. Em seguida, foi executado o Hino Nacional. O cerimonial ficou por conta dos alunos John Kennedy e Débora Natália Luana, do terceiro ano do Ensino Médio.


A primeira apresentação ficou por conta da turma do 5º ano 'A', coordenado pela professora Jaqueline Moura, a turma abriu a sequência trazendo ao palco a obra Arca de Noé de Vinícius de Moraes, a letra que fala sobre vários bichos, faz alusão à história bíblica tão conhecida. O álbum, que era um sonho antigo do poeta, foi lançado postumamente, em outubro de 1980 (o poeta faleceu em julho do mesmo ano). Infelizmente, Vinícius não pôde acompanhar o sucesso de sua criação.


Ao abrir as cortinas o Maternal 'C' das professoras Carla Albuquerque e Mariana Camila encantou o público, a turma apresentou a obra, O pintinho. Os pais aproveitaram o momento para fotografar as crianças estavam uma fofura fantasiadas de pintinhos. Em seguida foi a vez do Maternal 'B' das professoras Janair Freitas e Valquíria trazerem sua apresentação sobre a obra Peru.




Ao correr dos ponteiros e ao som do tic tac, as professoras Rosiane Souza e Karina Rocha elaboraram uma linda apresentação com a turma do Maternal 'D', tendo como base 'O relógio', também obra de Vinícius de Moraes. 


Trazendo mais alegria e cor para o FLIT, as professoras Mariana Camila e Carlla Sousa encheram o palco do teatro com os lindos girassóis do Maternal. Durante a apresentação, professores distribuíram com o público os girassóis artificiais que foram produzidos para a apresentação.




Vinícius dizia que "As coisas devem ser bem grandes pra formiga pequenina", mas as formiguinhas do Jardim I 'A', das professoras Lília Neres e Priscila Botelho se fizeram grandes na apresentação.


O Jardim I 'B' das professoras Pollyanna Isabela e Bianca Barros agitou o público com a dança das abelhas. O capricho das fantasias e a letra de Vinícius complementaram a beleza da apresentação dos pequeninos alunos.



Entre tantos animais lembrados nas letras de Vinícius, não poderia faltar o rei dos animais, 'O leão'. A turma do 2º ano 'C' coordenada pela professora Daniela Feitosa caprichou nas fantasias para mostrar toda a realeza dos versos.



Com muito charme e simpatia, o Jardim II chegou para mostrar ao público 'A galinha de angola', mais uma criação do 'poetinha', como era conhecido o Vinícius.



"Era uma casa muito engraçada, não tinha teto não tinha nada. Ninguém podia entrar nela não, porque na casa não tinha chão", quem não lembra desses versos? A turma do 2º ano 'B' da professora Pollyanna Isabela, trouxe uma versão Rock'n Roll da obra 'A casa' para o festival.




'O pato' foi a obra escolhida para a apresentação da turma do Jardim II 'B' das professoras Iasmim Barbosa e Ranielly Santana. O festival prosseguiu com a apresentação da turma do 2º ano 'A' da professora Daniela Feitosa com a obra 'O ar', que logo foi procedido pela charmosa e encantadora apresentação da turma do 2º ano 'D' comandado pela professora Meryane Amaral, que apresentou 'O gato'.





O balé da Escola Dinâmica teve a missão de na primeira noite do FLIT apresentar uma obra de Chico Buarque de Holanda, uma composição interessante, delicada e ao mesmo tempo cômica. Orientadas pela professora Rayane Ramos, as meninas do balé encantaram o público presente com a sublime 'Ciranda da bailarina'.


Ainda em continuidade ao maravilhoso projeto da Arca de Noé, as alunas do 3 ano 'C' coordenado pela professora Suzy Greyck apresentaram toda leveza e encanto descrito por Vinícius na obra 'As borboletas'.




Com graciosidade e elegância uma turma de pinguins invadiu o palco e animou o público, era a turma do 4º ano 'A' que teve a coordenação da professora Simone Fabiana para apresentar 'O pinguim'.


O circo é sinônimo de alegria, tem palhaço, malabarista, bailarina. E no circo do poeta Vinícius de Moraes tem foca também, foca francesa, americana e brasileira. Foi com muita alegria e irreverência que o 3º ano 'A' da professora Itácya Leal apresentou 'A foca'.



Chegando na reta final do primeiro dia de apresentações, a turma do 4 ano 'B' com o apoio da professora Ana Paula Brito fizeram uma divertida apresentação sobre 'A porta'.


A penúltima apresentação ficou a cargo da turma do 3º ano 'B', que teve coordenação da professora Elisandra Mendes para representar a belíssima letra 'João e Maria', de Chico Buarque que tem melodia do notável Sivuca.


Para encerrar com chave de ouro a primeira noite, o público pode assistir a um belo musical infantil, inspirado em “Os músicos de Bremen”, dos Irmãos Grimm. A obra do músico e escritor Chico Buarque, em parceria com Sérgio Bardotti e Luís Enriquez Bacalov, valoriza o respeito e a solidariedade. Foi com toda essa riqueza cultural que a turma do 5º ano 'B', da professora Juliana Nascimento realizou o musical, 'Os saltimbancos'.




Mais informações »
"O aprendizado é uma grande aventura!"
Designed By Morus Comunicação