20 de nov de 2017

Festival de Literatura da Escola Dinâmica acontece nos dias 23 e 24 de novembro


Sendo um dos eventos mais aguardado pelos amantes da Literatura e da boa arte, o FLIT - Festival de Literatura da Escola Dinâmica acontecerá nos próximos dias 23 e 24 de novembro, isso mesmo, esse ano o evento será realizado em dois dias. O local escolhido para a realização das apresentações, que terão início sempre às 19h é o Teatro Municipal de Santa Cruz do Capibaribe.
"É gratificante ver e fazer parte da evolução desse festival, a cada ano buscamos chamar atenção para a valorização da Cultura, através de eventos como esse, que só acontecem graças ao amor e a dedicação da equipe de professores e coordenadores da nossa escola", afirma Joselito Pedro, diretor.
"Observamos que, sempre em processo de transformação, a Literatura passa através de sua linguagem a oferecer opções capazes de mostrar, por meio da Música, manifestações artísticas infinitamente ricas. Entendemos que poesia e música não se separam. O compositor, o qual não deixa de ser um poeta, pega suas ideias e as transforma em canção, colocando a Literatura sempre presente no meio cultural", explica a professora Maria Lisboa, uma das responsáveis pelo projeto.
Esse ano o evento traz como tema Um canto de Poetas; Chico & Vinícius, um homenagem a dois dos grandes nomes da música popular brasileira.


De acordo com a educadora, o projeto visa proporcionar aos alunos um contato mais próximo com o trabalho dos poetas letristas, por perceber que o gosto musical das crianças e jovens já não se baseia na cultura do país, mas sim no grupo que a mídia apresenta e “cataloga” como ideal.
"Acreditamos que para gostar é necessário conhecer. Além do que, a amplitude e a riqueza literária, social e histórica das obras analisadas neste trabalho irão, de várias formas, enriquecer o conhecimento do nosso alunado, ampliando sua visão de mundo, tornando assim mais fáceis suas escolhas", completa Maria.
O FLIT, que já carrega a responsabilidade de ser um importante evento cultural da região, surpreende sempre com belíssimas apresentações de danças e encenações teatrais contextualizadas com o tema, tudo acompanhado de perto com o apoio essencial da Coordenação Pedagógica da escola e preparado com o carinho das professoras. Alunos da Educação Infantil ao Ensino Médio participam do evento.



Mais informações »

15 de nov de 2017

Saiba como aconteceu a Proclamação da República

A Proclamação da República Brasileira aconteceu no dia 15 de novembro de 1889. Resultado de um levante político-militar que deu inicio à República Federativa Presidencialista. Fica marcada a figura de Marechal Deodoro da Fonseca como responsável pela efetiva proclamação e como primeiro Presidente da República brasileira em um governo provisório (1889-1891).

Marechal Deodoro da Fonseca foi herói na guerra do Paraguai (1864-1870), comandando um dos Batalhões de Brigada Expedicionária. Sempre contrário ao movimento republicano e defensor da Monarquia como deixa claro em cartas trocadas com seu sobrinho Clodoaldo da Fonseca em 1888 afirmando que apesar de todos os seus problemas a Monarquia continuava sendo o “único sustentáculo” do país, e a república sendo proclamada constituiria uma “verdadeira desgraça” por não estarem, os brasileiros, preparados para ela.

Proclamação da República, pintura de Benedito Calixto, 1893.
O ultimo gabinete ministerial do Império, o “Gabinete Ouro Preto”, sob a chefia do Senador pelo Partido Liberal Visconde do Ouro Preto, assim que assume em junho de 1889 propõe um programa de governo com reformas profundas no centralismo do governo imperial. Pretendia dar feição mais representativa aos moldes de uma monarquia constitucional, contemplando aos republicanos com o fim da vitaliciedade do senado e adoção da liberdade de culto. Ouro Preto é acusado pela Câmara de estar dando inicio à República e se defende garantindo que seu programa inutilizaria a proposta da República. Recebe críticas de seus companheiros do Partido Liberal por não discutir o problema do Federalismo.

Os problemas no Império estavam em várias instâncias que davam base ao trono de Dom Pedro II:
A Igreja Católica: Descontentamento da Igreja Católica frente ao Padroado exercido por D. Pedro II que interferia em demasia nas decisões eclesiásticas.

O Exército: Descontentamento dos oficiais de baixo escalão do Exército Brasileiro pela determinação de D. Pedro II que os impedia de manifestar publicamente nos periódicos suas críticas à monarquia.
Os grandes proprietários: Após a Lei Áurea ascende entre os grandes fazendeiros um clamor pela República, conhecidos como Republicanos de 14 de maio, insatisfeitos pela decisão monárquica do fim da escravidão se voltam contra o regime. Os fazendeiros paulistas que já importavam mão de obra imigrante, também estão contrários à monarquia, pois buscam maior participação política e poder de decisão nas questões nacionais.

A classe média urbana: As classes urbanas em ascensão buscam maior participação política e encontram no sistema imperial um empecilho para alcançar maior liberdade de econômica e poder de decisão nas questões políticas.

A Proclamação da República

A República Federativa Brasileira nasce pelas mãos dos militares que se veriam a partir de então como os defensores da Pátria brasileira. A República foi proclamada por um monarquista. Deodoro da Fonseca assim como parte dos militares que participaram da movimentação pelas ruas do Rio de Janeiro no dia 15 de Novembro pretendiam derrubar apenas o gabinete do Visconde de Ouro Preto. No entanto, levado ao ato da proclamação, mesmo doente, Deodoro age por acreditar que haveria represália do governo monárquico com sua prisão e de Benjamin Constant, devido à insurgência dos militares.

A população das camadas sociais mais humildes observam atônitos os dias posteriores ao golpe republicano. A República não favorecia em nada aos mais pobres e também não contou com a participação desses na ação efetiva. O Império, principalmente após a abolição da escravidão tem entre essas camadas uma simpatia e mesmo uma gratidão pela libertação. Há então um empenho das classes ativamente participativas da República recém-fundada para apagar os vestígios da monarquia no Brasil, construir heróis republicanos e símbolos que garantissem que a sociedade brasileira se identificasse com o novo modelo Republicano Federalista.
Mais informações »

14 de nov de 2017

Gabarito oficial do Enem 2017 é divulgado pelo INEP


O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) divulgou nesta terça-feira (14) o gabarito oficial das provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2017, realizadas nos dias 5 e 12 de novembro. 

Com o gabarito, os candidatos podem saber quantas questões acertaram. 

Correção das provas

A correção das provas é feita usando a metodologia da Teoria de Resposta ao Item (TRI), em que o valor de cada questão varia conforme o percentual de acertos e erros dos estudantes naquele item.

Dessa forma, um item em que grande número dos candidatos acertarem será considerado fácil e, por essa razão, valerá menos pontos. Já o estudante que acertar uma questão com alto índice de erros ganhará mais pontos por aquele item.

Por isso, não é possível calcular a nota final apenas contabilizando o número de erros e acertos em cada uma das provas. Dois candidatos que acertarem o mesmo número de questões podem ter pontuações diferentes. O estudante só tem como saber a nota final no Enem quando o resultado sair.

A correção é feita por meio de um sistema de reconhecimento no qual a Fundação Getulio Vargas e a Cesgranrio extraem os dados com as respostas das questões objetivas de cada participante, durante a etapa de digitalização. Por isso, é imprescindível que o preenchimento do cartão-resposta tenha sido realizado com caneta esferográfica de tinta preta.

O Boletim de Desempenho deverá ser disponibilizado aos participantes em 19 de janeiro de 2018.

VEJA IMAGENS DE TODOS OS GABARITOS

1º DIA DE PROVAS
Enem 2017 - Caderno 1 - Azul


1º DIA DE PROVAS - Enem 2017 - Caderno 10 - Verde



1º DIA DE PROVAS - Enem 2017 - Caderno 9 - Laranja


1º DIA DE PROVAS - Enem 2017 - Caderno 4 - Rosa



1º DIA DE PROVAS - Enem 2017 - Caderno 2 - Amarelo


1º DIA DE PROVAS - Enem 2017 - Caderno 3 - Branco



2º DIA DE PROVAS
Enem 2017 - Caderno 5 - Amarelo


2º DIA DE PROVAS - Enem 2017 - Caderno 7 - Azul


2º DIA DE PROVAS - Enem 2017 - Caderno 6 - Cinza


2º DIA DE PROVAS - Enem 2017 - Caderno 11 - Laranja


2º DIA DE PROVAS - Enem 2017 - Caderno 8 - Rosa



2º DIA DE PROVAS - Enem 2017 - Caderno 12 - Verde



Mais informações »

13 de nov de 2017

Projeto de arte japonesa é desenvolvido na Escola Dinâmica


Recentemente, os alunos dos 9º anos ‘A’ e ‘B’ da Escola Dinâmica trabalharam na disciplina de artes com a técnica japonesa conhecida como Oshiê que consistem em fazer quadros usando retalhos de tecido e papéis coloridos. Com o direcionamento do livro didático e o suporte do professor Anderson Guerra, os alunos confeccionaram belíssimos quadros explorando a criatividade. Foi um momento de compartilhar experiências artísticas e conhecer um pouco mais sobre uma cultura diferente.

"Os alunos fizeram o máximo para confeccionar quadros que fizessem jus aos dons de cada um. Foi um momento no qual a missão do professor se realizou em poder inspirar cada aluno! Todos os nossos bacanas estão de parabéns!", destacou o professor.

OSHIÊ é uma expressão japonesa que vem de “Osu” (empurrar, apertar) e “Ê” (desenho). A técnica consiste em sobrepor as peças do desenho, para que cada parte apresente um efeito tridimensional. Tornando a criação um alto relevo. Originalmente o oshiê era feito com tecido (seda). Hoje em dia, o trabalho é realizado com “washi” (papel japonês) feito de arroz, ou mais conhecidos por papel de origami.




Mais informações »

26 de out de 2017

Ação de solidariedade é desenvolvida por alunos da Escola Dinâmica


Um projeto que nasceu nas aulas de redação, do professor Allan Clemente com alunos da turma do 9º 'A' da Escola Dinâmica, propiciou aos alunos momentos de reflexão e respeito ao próximo. O tema colocado em desenvolvimento e sugerido pelo professor foi solidariedade.


A partir daí, partiu de uma iniciativa dos alunos de desenvolverem esse projeto em prol do lar de idosos Irmã Dulce localizado na zona rural do município de Santa Cruz do Capibaribe, mais precisamente no Sítio Barrinhas. O lar abriga idosos e pessoas com problemas mentais que, muitas vezes, são abandonados pela família ou não tem para onde ir.
"É muito bom poder ajudar quem precisa. Foi um projeto muito gratificante e ter envolvido a escola nisso foi lindo. Estamos muito felizes." Contou a aluna Ana Júlia Arruda.
 “As nossas aulas tem que ir muito além do que aprender somente o conteúdo, a gente tem que ensinar os alunos a serem homens e mulheres de bem. Acho que foi isso que eles fizeram, pegaram o que aprenderam em sala de aula e aplicaram fora dela. Uma verdadeira aula de cidadania. Eu me sinto muito orgulhoso de fazer parte disso com eles,” disse o professor Alan.
A partir da inciativa dos alunos, que contaram com o apoio da coordenação e de toda a equipe da escola. Foram dispostas caixas ao longo dos corredores da instituição e uma grande mobilização tornou possível esse projeto. Foram arrecadados mais de 150 kg de alimentos. As doações foram entregues no Lar Irmã Dulce na manhã da última quinta-feira (19/10).


Mais informações »

24 de out de 2017

Alunos da Educação Infantil produzem brigadeiros e aprendem a compartilhar


A Escola Dinâmica entende a Educação Infantil como base para a formação de jovens capazes de exercer a verdadeira cidadania. O trabalho que é realizado pelas professoras Rosiane Souza, Karina Rocha, Mariana Camila, Carla Albuquerque, Carla Souza, Pollyana Isabela, Bianca Barros, Janair Freitas e Valquiria Rodrigues, é um exemplo disso. Nessa atividade eles trabalharam a coordenação motora de uma forma lúdica e deliciosa! Produzir brigadeiros é uma das ação para desenvolver o senso motor.


Com essa dinâmica eles também aprendem a partilhar e trabalhar em conjunto, já que os brigadeiros feitos são divididos igualmente entre os alunos e eles chegam com essa surpresa em suas casas, um agrado também aos pais.








Mais informações »

23 de out de 2017

Escola Dinâmica realiza entrega de resultados da III Unidade 2017


Aconteceu no último sábado (21/10), na Escola Dinâmica, mais um plantão pedagógico para a entrega de resultados referente ao III Bimestre do ano letivo em curso. Investindo sempre no contato com os pais e responsáveis o momento da entrega de resultados proporciona uma excelente oportunidade para os pais ficaram cientes do desenvolvimento educacional dos seus filhos.



Toda a equipe de professores e coordenadores, juntamente com a direção da escola estiveram presentes. O terceiro bimestre permite aos pais e professores analisarem a situação escolar dos alunos, que partem agora para a reta final dos conteúdos e avaliações.





Em lembrança da passagem do Dia dos Professores, a coordenação da escola destacou a importância da missão de educar e agradeceu aos educadores pelo trabalho desenvolvido na instituição. Na ocasião também foi entregue aos professores uma lembrança em homenagem a data comemorativa.



Mais informações »

18 de out de 2017

Noite do Pijama 2017 da Escola Dinâmica supera edições anteriores


Em comemoração ao Dia das Crianças a Escola Dinâmica realizou na semana passada mais uma edição da Noite do Pijama, o evento mais aguardado pela criançada da instituição. A equipe da escola preparou tudo para proporcionar uma noite inesquecível aos alunos.




Quando o portão da escola foi aberto ás 19h, alguns pais já aguardavam do lado de fora da escola trazendo colchonetes e lençóis juntamente com os filhos ansiosos pela noite de diversão que o esperavam. Após localizar a sala aonde passariam a noite, os alunos se jogaram na festa e aproveitaram para curtir os parquinhos montados especialmente para o evento.



No pátio da escola uma turma de personagens infantis realizava brincadeiras e gincanas com as turmas. O momento rendeu muitas gargalhadas e agitou a criançada, que também tinha pipoca e algodão-doce á vontade para dar mais gosto a diversão.


Um dos momentos que a criançada mais curte é a 'Balada Infantil' que ficou por conta do DJ Sérgio e esse ano não foi diferente, ao som de hits populares as crianças cantaram e dançaram com muita alegria. Depois de tantas atividades, era hora de repor as energias com uma deliciosa sopa e outros lanches preparados pela escola.


No fim da noite, as professoras organizaram a ida as salas, que durante a Noite do Pijama se transformam em grandiosos quartos, a criançada foi se aquietando para dormir ao lado de colegas e professores. Na manhã seguinte o café da manhã foi servido e os pais chegaram para reencontrar os filhos.

Confira mais imagens do evento:
















Mais informações »
"O aprendizado é uma grande aventura!"
Designed By Morus Comunicação