17 de nov de 2016

Linguagem literária e musical como instrumentos de igualdade e identidade no FLIT 2016

Há séculos, os considerados “diferentes” veem ser tolhidos os seus direitos. Paralela a essa violência, existe uma luta contra a não aceitação das diferenças e uma resistência dos sujeitos massacrados, os quais, apesar de vítimas de preconceitos, continuam tentando afirmar suas identidades.
Diante dessa realidade, o Festival de Literatura da Escola Dinâmica 2016, abordará o tema: “LITERATURA E MÚSICA: instrumentos de denúncias sociais”, almejando compreender como através da linguagem literária e musical é possível refletirmos sobre a importância de as pessoas terem suas diferenças reconhecidas como elemento de construção de igualdade e de identidade. 
O festival que possui uma riqueza cultural gigantesca, contará com a participação de alunos da Educação Infantil ao Médio e é organizado pelos professores e coordenadores da escola, proporcionando importantes reflexões, como ressalta a professora responsável pelo FLIT, Maria Lisboa:
“A discussão propiciada, nas composições musicais e obras literárias, por meio da representação das personagens que sofre preconceitos e, por conseguinte, são vítimas de discriminação, pode ser transformada em ferramentas para o professor proporcionar ao aluno, futuro cidadão, oportunidade de questionar sobre os valores éticos que embasam sua conduta, conscientizando-o das diferenças entre as pessoas, mostrando que a diversidade não implica inferioridade”, afirmou à educadora. 
O espetáculo cultural que promete encantar o público presente, acontecerá no Teatro Municipal de Santa Cruz do Capibaribe, a partir das 17hs.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

"O aprendizado é uma grande aventura!"
Designed By Morus Comunicação